Simples Nacional ou Lucro Presumido para médicos? Qual a melhor opção? - Notícias - AHEG - Associação dos Hospitais do Estado de Goiás

Notícias

Simples Nacional ou Lucro Presumido para médicos? Qual a melhor opção?

Publicado em : 02/12/2021

Quando o assunto é a tributação de médicos que atuam na área de saúde como CLT, uma das principais dúvidas diz respeito às diferenças entre o Simples Nacional e o Lucro Presumido.

Afinal, Simples Nacional ou Lucro Presumido para médicos? Qual a melhor opção? A resposta para essa pergunta, você descobre na sequência desse conteúdo.

Pretende economizar no pagamento de impostos e aumentar os seus lucros? Conte conosco, acompanhe esse conteúdo até o final e tire todas as suas dúvidas!

Qual o CNAE para médico autônomo?

De acordo com a legislação em vigor em nosso país, o CNAE para médicos autônomos é o 8630-5/03 Atividade médica ambulatorial restrita a consultas que compreende:

“As atividades de consultas e tratamento médico prestadas a pacientes externos exercidas em consultórios, ambulatórios, postos de assistência médica, clínicas médicas, clínicas oftalmológicas e policlínicas, consultórios privados em hospitais, clínicas de empresas, centros geriátricos, bem como realizadas no domicílio do paciente.”

Atuando nesse tipo de atividade, é possível optar pelo Simples Nacional como também pelo Lucro Presumido, resta saber como funciona cada opção para encontrar aquela que garante ao médico a menor carga tributária.

O que é Simples Nacional para médicos?

O Simples Nacional é um regime tributário criado pela Lei Complementar 123/2006 que institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte.

De acordo com a legislação em questão, podem participar desse regime tributário as empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, ou seja, micro e pequenas empresas.

No Simples Nacional as empresas contam com diversos benefícios, dentre eles, o recolhimento de impostos em guia única, com alíquotas proporcionais à sua faixa de faturamento.

Confira quais são os impostos pagos por meio da guia DAS - Documento de Arrecadação do Simples Nacional:

  • PIS - Programa de Integração Social;
  • COFINS - Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social;
  • CSLL - Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido;
  • IRPJ - Imposto de Renda Pessoa Jurídica;
  • CPP - Contribuição Previdenciária Patronal;
  • ICMS - Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços;
  • ISS - Imposto Sobre Serviços.

Simples Nacional ou Lucro Presumido para médicos: Como funciona o cálculo do Simples Nacional?

O cálculo do Simples Nacional para médico leva em consideração os seguintes fatores:

  • Faturamento anual;
  • Faturamento mensal;
  • Despesas com folha de pagamento.

De acordo com a legislação do Simples Nacional, médicos podem ser tributados com base nas alíquotas do Anexo III ou V, a depender do resultado do seu FATOR R.

Por sua vez, o FATOR R é encontrado por meio da seguinte fórmula: Fator R = massa salarial / receita bruta.

Quando o resultado da equação é igual ou superior a 28%, a empresa médica no Simples Nacional, é tributada no Anexo III com alíquota a partir de 6%.

Por sua vez, quando o resultado da equação é inferior a 28%, a empresa médica no Simples Nacional, é tributada no Anexo V com alíquota a partir de 15,50%.

Confira os anexos do Simples Nacional, por faixa de faturamento:

Anexo III

Faixa

Receita em 12 meses

Alíquota

Valor a deduzir

Até 180.000,00

6,00%

--

De 180.000,01 a 360.000,00

11,20%

R$ 9.360,00

De 360.000,01 a 720.000,00

13,20%

R$ 17.640,00

De 720.000,01 a 1.800.000,00

16,00%

R$ 35.640,00

De 1.800.000,01 a 3.600.000,00

21,00%

R$ 125.640,00

De 3.600.000,01 a 4.800.000,00

33,00%

R$ 648.000,00

Observação: Considerando as parcelas de dedução, a alíquota efetiva máxima nesse anexo corresponde a 19,50%.

Anexo V

Faixa

Receita em 12 meses

Alíquota

Valor a deduzir

Até 180.000,00

15,50%

--

De 180.000,01 a 360.000,00

18,00%

R$ 4.500,00

De 360.000,01 a 720.000,00

19,50%

R$ 9.900,00

De 720.000,01 a 1.800.000,00

20,50%

R$ 17.100,00

De 1.800.000,01 a 3.600.000,00

23,00%

R$ 62.100,00

De 3.600.000,01 a 4.800.000,00

30,50%

R$ 540.000,00

Observação: Considerando as parcelas de dedução, a alíquota efetiva máxima nesse anexo corresponde a 19,25%.

Simples Nacional ou Lucro Presumido para médicos: Como funciona o cálculo do Lucro Presumido para médicos?

No Lucro Presumido, médicos, clínicas e consultórios são tributados com base em uma alíquota final que varia de 13,33% a 16,33% sobre o faturamento, sendo composta pelos seguintes impostos:

  • IRPJ: 4,80%
  • CSLL: 2,88%
  • PIS: 0,65%
  • COFINS: 3%
  • ISS: 2% a 5% (a depender do município)

Aqui em Goiânia, por exemplo, a alíquota de ISS sobre o exercício da profissão médica corresponde a 3,5%, resultado em uma alíquota final igual a 14,83% sobre o faturamento mensal.

Simples Nacional ou Lucro Presumido para médicos: Qual a melhor opção?

Agora que você já sabe como funciona o Simples Nacional e o Lucro Presumido para médicos, é hora de entender qual é a melhor opção.

A princípio, é importante destacar que não há uma resposta padrão para todos os casos, ou seja, em algumas situações, o Simples Nacional é a melhor opção para médicos, em outras, a alternativa mais econômica é o Lucro Presumido.

Sendo assim, apenas um planejamento tributário, caso a caso, realizado por uma contabilidade especializada em saúde, com base na análise de diferentes cenários pode apresentar a melhor opção de forma assertiva.

No entanto, olhando para as alíquotas apresentadas nos tópicos anteriores, podemos afirmar que como regra geral, o Simples Nacional é a melhor opção para médicos com baixo faturamento mensal, enquanto que o Lucro Presumido é a melhor opção para aqueles que possuem um faturamento elevado.

Na prática, isso acontece, em função das alíquotas progressivas por faixa de faturamento utilizadas para cálculo do Simples Nacional.

Planejamento tributário e contabilidade para médicos em Goiânia

A PJ DA SAÚDE é uma empresa do GRUPO STIVAL consultoria que nasceu para facilitar o dia a dia de médicos que por falta de orientação especializada acabam pagando mais impostos que o necessário.

Oferecemos serviços completos para o seu negócio, incluindo:

●     Análise e Planejamento Tributário;

●     Apuração de Impostos e Emissão de Guias;

●     Declarações e Balanços;

●     Cálculo de Pró-Labore e Folha de Pagamento;

●     Controle e Análise de Livro Caixa Mensal;

●     Revisão dos Últimos 5 anos do IRPF e/ou PJ;

●     Declaração de Imposto de Renda.

Deseja pagar menos impostos e aumentar os seus lucros? Conheça os nossos serviços em contabilidade para médicos em Goiânia, entre em contato conosco!

 

WhatsApp: (62) 99155-7168

E-mail: [email protected]

OPME’s: gestão ética e econômica

 05/08/2022

As OPME´s são conhecidas por serem materiais de alto custo, isso gera especulações econômicas e a necessidade de atenção na hora de sua aquisição. Uma visão ética e técnica ajuda no controle e em uma gestão mais econômica. A grande variação no mercado de produtos de OPME’s resultou na necessidade de normatização com base na Agência Nacional de Saúde [...]

Sistema da Wareline tem biblioteca de conteúdo como nova funcionalidade

 04/08/2022

A Wareline preparou para 2022 uma grande novidade dentro do conecte/w, seu sistema de gestão hospitalar: uma biblioteca de conteúdo. A nova funcionalidade é como uma plataforma de busca de conteúdo médico e pode ser acessada por um infobotão inserido dentro do Módulo PEP WEB (Prontuário Eletrônico do Paciente). Isso significa que os profissionais de saúde agora têm, na palma de suas mãos ou na tela do [...]

A importância do Facilities na Gestão da Saúde!

 03/08/2022

  As experiências da terceirização são das mais diversas a começar pela própria definição do que é facilities.   A gestão de facilities pode envolver do controle de acesso a manutenção elementar, passando por rouparia, governança, serviços de concierge e todos os demais que integram ambientes a pessoas. Assim, existem muitos aspectos técnicos que precisam ser [...]

A importância da boa administração financeira

 03/08/2022

Olá, que bom te reencontrar. Nos últimos conteúdos ficou nítido que a organização financeira envolve várias etapas e mudanças de hábito. É um processo de reeducação e, como todo processo, é preciso dedicação e organização para fazê-lo dar certo. Hoje, vamos deixar claro porque é tão importante administrar bem seu dinheiro. Você logo vai notar [...]

Independência e autonomia

 25/07/2022

Os desafios pela busca da liberdade financeira é tema da live desta terça-feira (26) promovida pela Associação dos Hospitais do Estado de Goiás – AHEG, às 17 horas, em seu canal no Instagram.

Nota técnica fala sobre detecção precoce da Fibrodisplasia Ossificante Progressiva (FOP)

 13/07/2022

Atendendo pedido da Associação Brasileira de Fibrodisplasia Ossificante Progressiva (FOP Brasil), a Associação dos Hospitais do Estado de Goiás (AHEG) apresenta aos seus associados nota técnica sobre esta doença genética rara que progride ao longo da vida dos pacientes com ossificações heterotrópicas e pode impedir a movimentação e outras importantes funções. A Fibrodisplasia [...]